Em época de eleições surge a dúvida em quem votar? Não é mesmo?

COMO VAMOS TRATAR A EDUCAÇÃO EM NOSSA GESTÃO!
27 de agosto de 2018

Em época de eleições surge a dúvida em quem votar? Não é mesmo?

Essa pergunta torna-se assunto em todos os lugares que frequentamos, dos mais simples dos cidadãos até os mais letrados, falam sobre a mesma coisa, em quem votar?

Resolvi escrever esse artigo para esclarecer alguns pontos que acredito ser importante para que o cidadão, a cidadã possa cumprir seu dever cívico de forma consciente e convicta.

A primeira avaliação que o eleitor deve fazer é identificar quais valores que julga mais importante e quais valores que quer que seu representante venha a defender. Isso é de extrema importância, pois, escolhemos nossos candidatos baseado em afinidade, ou seja, quais valores o candidato tem que sejam iguais aos seus.

Fato é que normalmente escolhemos que defende valores iguais aos nossos, é pouco provável ou quase impossível que votemos em alguém que tenha valores opostos aos nossos, não é verdade. Porém, o eleitor deve focar em escolher candidatos que tenham preocupações universais, ou seja, preocupações que dizem respeito ou são aplicáveis a todas as pessoas e não só a um pequeno grupo.

E para isso, é necessário entender como o candidato pensa, conhecer a carreira dele, como também sua atuação profissional, seu histórico de vida, sua postura ética e sua conduta diante da sociedade, em resumo, seus valores. Caso o discurso do candidato não condiz com sua postura, com sua atuação em outros momentos de sua vida, isso é um grande indício de que ele possa estar mentindo.

O próximo passo, é analisar suas propostas. E isso deve estar condizente com o cargo que ele pretende ocupar, ou seja, não adianta um candidato à Deputado Estadual, prometer que irá mudar o calendário federal da educação, para ganhar votos em seu estado, pois isso está fora a alçada dele e com toda certeza não poderá realizar.

Por esse motivo que eu Waldir Júnior, não prometo o que não posso cumprir!

Outro fator importante é saber se esse candidato é ficha limpa, se pende sobre ele alguma acusação ou condenação penal, ou processo administrativo relacionado a administração pública.

Resumindo, existem diversos candidatos muito bem preparados, como falas eloquentes, articulados, que suas promessas, mesmo que viáveis, iram cumprir o que falam. Como distinguir quem está falando a verdade? Veja o histórico de serviços prestados por ele, como ele agiu, como reagiu, esses são fatores fundamentais que conseguirá descartar o político de carteirinha, falastrão que promete e nunca cumpre.

Analisem meu histórico profissional, antes da vida pública e na vida pública, veja o que realizamos ou participamos da realização e verá que eu Waldir Júnior junto como você, poderemos fazer a diferença, além de cumprir com o que estamos prometendo em campanha.

Para obter mais informações sobre candidatos, sempre devemos ficar atentos a notícias, jornais, revistas, propagandas eleitorais veiculadas no rádio e na televisão, pesquisas e debates entre os concorrentes, quando há. Desta forma, é possível saber se o candidato já esteve envolvido em algum escândalo, o que ele realizou em mandatos anteriores e avaliar suas propostas.

Lembre-se que todos os meios de veiculação de informação são válidos, contudo, atualmente, a melhor ferramenta para auxiliar o cidadão é a internet, pois nada escapa à rede mundial de computadores. Nas páginas dos órgãos do Legislativo, da Justiça Eleitoral, de algumas ONGs ou simplesmente em sites de busca, é possível obter informações sobre os candidatos e políticos.

Faça sua pesquisa, vote consciente, vote em quem possa fazer diferença em sua vida, em sua comunidade, em sua escola.

Analise minhas propostas e venha junto comigo, trazer melhor condição de trabalho para os professores das creches conveniadas, além de mais vagas para quem precisa.

Meu nome é Waldir Júnior e meu número é 90888. Conto com você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *